O programa

O Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) teve suas origens no Curso de Mestrado em Fitossanidade, inicado em 1975, e constituído das áreas de concentração em Fitopatologia e Entomologia Agrícola. Em março de 1999, após recomendação da Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES), iniciaram as atividades didáticas do Curso de Doutorado em Fitopatologia, um marco importante para a consolidação da Fitopatologia no Nordeste e Norte brasileiro.

Em fevereiro de 2004, a área de concentração em Entomologia Agrícola emergiu como um Programa de Pós-Graduação independente, marcando o início do Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia, constituído dos cursos de Mestrado em Fitopatologia e Doutorado em Fitopatologia, que tem por finalidade a formação e qualificação de recursos humanos, em alto nível, destinados ao exercício das atividades técnico-científicas, de pesquisa e ensino superior na área da Fitopatologia. 

Atualmente o programa oferta duas entradas anuais para alunos de Mestrado e Doutorado, com seleção realizada por avaliação de desempenho e análise curricular (Critérios descritos na página de Processos Seletivos).

De acordo com a avaliação da CAPES, realizada em 2013, o Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia  foi classificado com conceito 5 (cinco). Em termos funcionais, o Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia desenvolve suas atividades, predominantemente, na Área de Fitossanidade do Departamento de Agronomia da Universidade Federal Rural de Pernambuco, localizado em Recife. 

O Estado de Pernambuco têm forte tradição agrícola, que pode ser mensurada pelos mais de 100 anos de idade do Curso de Agronomia da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Além disso, Pernambuco se destaca pela diversidade cultural e pelas belezas naturais das diversas regiões fisiográficas. Nesse aspecto, a cidade de Recife se caracteriza como uma metrópole com cerca de 3 milhões de habitantes e forte tradição cultural, além da beleza de suas praias e do clima tipicamente tropical.